quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Subiu aos céls

Nunca fui muito chegado em celulares. O simples vibrar desses aparelhos me causa asco, principalmente quando os guardo no bolso traseiro da calça. Trelentes. Na verdade, nunca gostei de telefones, e agora que eles se tornaram portáteis, minha vida virou um inferno. Sinto a presença constante de minha mãe a cada chamada, por mais que ela não esteja na linha. Me lembro da bronca que levei depois de ter conversado com uma operadora de telemarketing. Comprara, aos sete (7) anos de idade, um fogão industrial 9 (nove) bocas, coisa linda. "Vai tomá no meio do teu cu", ela disse, bastante alterada. O buscopan acabara e as contrações abdominais aumentavam. O sangue fervia e descia. Uma mão se erguia aos céus pedindo explicações, enquanto a outra desferia o tapa ardente. Isso marcou bastante a minha infância, a minha vida, a minha orelha. Pensei em jamais voltar a conversar, pelo menos não por telefone. Até que encontrei, por R$ 120, um telefonino da TIM, preto, com rádio FM. Peguei gosto. Voltei a ouvir as pessoas por frequências moderadas. Tinha, enfim, alguém para conversar. Alguém que não me vendia coisa alguma pelo simples fato de não responder às minhas vontades. Senti-me aliviado, passando a falar com meu celular dentro dos ônibus, táxis e... só. No metrô é difícil pegar FM. Minha vida mudou. O telefone mudou. Você também pode. Ligue. Faça a sua doação. Preciso de um fone de ouvido novo. O lado esquerdo pifou. E daqui a pouco tem a Hora do Brasil.

2 comentários:

  1. Lu...que de carrasco só tem o sobrenome...adoroo vc...vc era um pestinha qdo tinha 7 anos...lembro q sua mae tinha me dado...um gatinho de pelucia bem na epoca do natal...
    e tava fazendo rabanada....ai vc pegou o gatinho...e falando alguem q rabanada? eai dava com o rabo do gatinho em td mundo...

    kkkk...acabei de ouvir essa história de celular
    eu ligo e vc num atende

    coitada da tia num deixa ela ver isso kkkk

    agora celular tem funcao radio fm e GPS

    parabens luuuuuuuu

    ResponderExcluir

Comente aqui, a responsabilidade é sua.