domingo, 20 de setembro de 2009

(Irres)Visão de jogo

Neste domingo, a rodada do Brasileirão foi hilária. A começar pelo empate do São Paulo com o Santo André (time, por mais incrível que pareça, de primeira divisão). A equipe que representa a primeira letra do ABC paulista é praticamente igual a um grupo de executivos que se junta para fazer uma “pelada” no final de semana. Só que o grupo de executivos comeu 5 kilos de carne gordurosa, bebeu 10 latinhas de Bavaria e foi jogar. O time do Santo André passou o final de semana se concentrando para entrar em campo e torturar o torcedor que perdeu seu tempo assistindo ao desempenho pífio de seus jogadores.

Agora...o Santo André jogar daquele jeito é algo rotineiro. Mas aí chega o São Paulo (hexa campeão brasileiro) e consegue jogar pior. A briga acontecia entre jogadas desastrosas do ataque tricolor contra zagueiros-cones que teimavam em não se mexer perante as jogadas do adversário. Resultado: 1 a 1 e azar do torcedor que não tem TV a cabo para mudar de canal e assistir a algo menos entediante.

Mudando de estado, o Fluminense continua na sua empreitada de provar pra todo mundo quem é o verdadeiro PIOR time do país. O tricolor carioca tomou de cinco do Grêmio e, no ritmo que as coisas andam, nem Chapolim Colorado poderá defendê-lo do rebaixamento.

Mas, a comicidade desta rodada do campeonato Brasileiro ainda reservava seu maior triunfo para o Todo Poderoso Timão. Jogo em casa, mais de 35 mil torcedores no Pacaembu para ver o retorno de Ronaldo e, o máximo que seus olhos conseguiram capturar do jogo foram os 4 gols do Goiás. Sim, quatro. Dentinho até passou despercebido quando conseguiu balançar as redes no gol mais achado da rodada. Resultado: 4 a 1 para o Goiás e sorte do (in)fiel torcedor que preferiu ficar em casa à ir até o Pacaembu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui, a responsabilidade é sua.